Marca italiana fará a transição dos carros a gasolina/diesel para os 100% elétricos no período 2025-2030

A Fiat anunciou que irá vender exclusivamente carros elétricos a partir de 2030. A confirmação foi dada por Olivier François (CEO da marca Fiat e diretor de marketing da Stellantis) durante um debate sobre sustentabilidade, acesso ao carro elétrico e futuro das cidades. 

Segundo o executivo, será um processo que ocorrerá entre 2025 e 2030, onde os carros da marca Fiat com motores a gasolina e a diesel serão gradativamente substituídos por modelos com propulsão 100% elétrica. 

"Estamos explorando o território da mobilidade sustentável para todos: este é o nosso maior projeto. Entre 2025 e 2030, nossa linha de produtos se tornará gradualmente exclusivamente elétrica. Será uma mudança radical para a Fiat", de acordo com o CEO da Fiat, Olivier François.

Galeria: Fiat 500 elétrico 3 portas

Esse anúncio está em sintonia com o que a Stellantis declarou há pouco tempo sobre a transição energética no sentido de migrar diretamente dos modelos a combustão para os carros 100% elétricos, deixando os híbridos e híbridos plug-in em segundo plano a partir de agora.  

Para o objetivo de 100% de carros elétricos em 2030, a Fiat irá se concentrar em oferecer modelos acessíveis para que a eletrificação chegue ao maior número possível de clientes. Em que pese a abordagem mais 'premium' com o Fiat 500 elétrico, a marca italiana tem outras propostas de carros elétricos mais acessíveis.  

Nesse sentido, o CEO da Fiat afirmou o seguinte: 

"É nosso dever colocar no mercado, assim que pudermos, carros elétricos que não custem mais do que aqueles com motor de combustão interna, em linha com o menor custo de baterias".

Galeria: Fiat Concept Centoventi

Essas mudanças foram anunciadas dentro de uma discussão sobre o futuro das cidades, preço dos carros elétricos, acesso a pontos de carregamento e maior consciência ambiental, entre outros temas relacionados.

Apesar do anúncio ambicioso para uma marca generalista, a Fiat atualmente só comercializa o Fiat 500 elétrico, que em breve chegará ao Brasil. Isso indica que a marca terá que acelerar o passo nos próximos anos com o lançamento de mais modelos para criar um portfólio 100% elétrico.

Entre as próximas novidades aguardadas está a versão elétrica do Fiat Panda, que especula-se que será o primeiro SUV compacto 100% elétrico da marca italiana, devendo chegar ao mercado até 2023 com produção na fábrica da FCA na Polônia.

No Brasil, a Stellantis trabalha em investimentos e parcerias para ampliar a infraestrutura de eletrificação antes da chegada dos primeiros modelos elétricos. Por aqui a Fiat não seguirá esse cronograma, dada as características do nosso mercado e a falta de uma estratégia nacional para a transição energética. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram