Sedã elétrico do porte do Classe E promete surpreender em qualidade e prazer ao dirigir

Lançado em 2012, o Tesla Model S é o elétrico que despertou o interesse em todo o setor em fabricar carros elétricos. É um carro notável que tem muitas qualidades, embora os principais destaques sejam o alto desempenho e a ampla autonomia (628 km) - era tão bom nesses quesitos que, mesmo cerca de oito anos após seu lançamento, ainda é imbatível.

De olho na concorrência, a marca de Elon Musk trabalha em uma versão esportiva conhecida como Plaid. É a resposta direta de Tesla ao novato Porsche Taycan, mas achamos que o carro elétrico que realmente poderia desafiar o Model S é o próximo Mercedes-Benz EQE, o menor dos dois sedãs elétricos planejados pela marca da estrela de três pontas. Até agora, o fabricante só lançou o SUV elétrico EQC, que é muito bom em muitas áreas, apesar de não ter a autonomia ou desempenho para desafiar os gostos do Tesla Model X.

Galeria: Mercedes-Benz EQE - projeção

A Mercedes, sem dúvida, se esforçará mais com o EQE, porém, este modelo certamente terá mais autonomia e desempenho que o EQC. E tudo isso mantendo a qualidade interna impecável e a funcionalidade que a Tesla simplesmente não consegue igualar - o EQC parece mais luxuoso que o Model X, mesmo com as sofisticadas portas traseiras deste último e sua grande tela de entretenimento.

Temos grandes expectativas para o EQE, porque esperamos que os EQS maiores e mais luxuosos sejam bem mais caros. Então o EQE será um pouco mais barato, mas ainda terá porte suficiente para preservar a sensação de estar em um carro grande e luxuoso. 

Em relação às especificações, provavelmente não corresponderá ao Modelo S nem corresponderá às variantes mais rápidas de desempenho. No entanto, provavelmente haverá mais de uma variante do EQE, mas o modelo EQE400 terá tração nas quatro rodas, 402 cv de potência, 78,0 kgfm de torque e autonomia de até 600 km. 

Todavia, ele só deve chegar ao mercado em 2022, e nesse tempo a Tesla terá atualizado o seu Model S, ampliando a autonomia. Mesmo assim, reforçamos que o EQE será um sedã elétrico muito bom. Espere por algo mais luxuoso, com melhor construção e provavelmente mais divertido de dirigir que o atual Model S.