Objetivo é ampliar a produção de carros elétricos no maior mercado automotivo global

Conforme anunciado no passado, a Volkswagen avançou e entrou na fase final das negociações para a aquisição de uma participação em duas empresas chinesas, a fim de aumentar a produção de veículos elétricos no maior mercado do planeta para veículos verdes, informou a agência Reuters, citando fontes próprias.

Antes de tudo, estamos falando da compra de 50% da Anhui Jianghuai Automobile Group Holding, mais conhecida fora da China como JAC Motors pela cifra de US$ 491 milhões. Essa empresa agora é de propriedade integral do governo chinês e já está colaborando com a Volkswagen na produção de veículos elétricos.

A segunda transação é a compra da maior participação no fabricante de baterias de carros elétricos, Guoxuan High-tech Co Ltd. Isso deve ser anunciado oficialmente já na próxima sexta-feira, segundo fontes da agência.

O objetivo de ambas as aquisições é expandir a produção de veículos elétricos sob a marca Volkswagen utilizando a sua plataforma exclusiva para veículos elétricos MEB. A empresa alemã espera, assim, manter o status de maior montadora estrangeira na China, uma posição que a Tesla começa a ameaçar. 

Até recentemente, as autoridades chinesas não permitiam que marcas estrangeiras fossem proprietárias de mais de 49% das ações da produção de automóveis na China. Agora essas regras foram relaxadas. A primeira montadora de automóveis na China, de propriedade de uma empresa estrangeira, foi a Tesla Gigafactory em Xangai.

Fonte: Reuters

Galeria: JAC iEV40