Justiça alemã ataca a montadora norte-americana: "É injusto anunciar isso como uma condução autônoma".

  • Associação que representa os fabricantes alemães acionou a justiça contra a Tesla
  • Marca norte-americana pretende recorrer da decisão

Como sabemos, um dos pontos fortes de Tesla é o seu sistema de assistência à condução Autopilot, sobre o qual já se fala de um sucessor ainda mais avançado. A Tesla nunca perde a oportunidade de lembrar que oferece direção autônoma altamente avançada em seus carros para colocar em destaque sua habilidade tecnológica.

Na Alemanha, no entanto, o tribunal de Munique proibiu a montadora de Palo Alto de incluir em suas mensagens publicitárias declarações sobre a possibilidade de ter uma condução autônoma quase absoluta.

Galeria: Tesla Model 3 2018

Condução autônoma sim, mas apenas na teoria

O veredito veio depois que uma associação alemã que monitora a concorrência e representa as indústrias nacionais que a fundaram, sinalizou como certos slogans seriam considerados injustos e enganosos.

Se o piloto automático da Tesla, por um lado, garante assistência quase total à direção, por outro lado, a legislação europeia limita certas funções e permite a condução autônoma no máximo Nível 2. E há também aqueles que estão colhendo assinaturas para superar essa restrição.

O fato de um Tesla poder dirigir sozinho por longas distâncias é verdade em teoria, mas é igualmente verdade que a legislação na Europa afirma que o motorista ainda deve assumir o controle do veículo enquanto estiver dirigindo.

Tesla, piloto automático

Recurso

A Tesla Alemanha não demorou a responder. Antes, especificando que, com todos os seus clientes, sempre esclareceu como a direção autônoma presente nos carros da montadora não estão catalogados como Nível 5. E então anunciou que pretende apelar desta decisão.

Elon Musk, por sua vez, não se distrai com questões jurídicas secundárias, não apenas na Europa, mas também nos EUA (onde a questão do piloto automático é debatida por muitos Estados), que se adapta ao nível tecnológico alcançado pelo setor automotivo.

Também porque, com a chegada da atualização do Tesla Autopilot, ele disse abertamente que a direção autônoma nível 5 está muito próxima.