SUV elétrico foi revelado em julho e tem autonomia de até 610 km

  • Nissan Ariya foi apresentado pela primeira vez em julho 
  • Autonomia declarada é de até 610 km na versão com tração dianteira
  • Preço estimado para os EUA é de US$ 40 mil (R$ 214,6 mil)

Poucos dias após a estreia oficial, em 15 de julho, o novo Nissan Ariya 2021 já aparece no registro de patentes no Brasil. O primeiro SUV elétrico da marca japonesa que será um modelo global já consta no cadastro do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial), o que chamou a atenção pela rapidez, embora não seja por si só uma garantia de lançamento por aqui. 

O Nissan Ariya alimenta grandes expectativas ao iniciar uma nova fase na eletrificação dos modelos da marca japonesa. Amplo, ele é bem maior que um Kicks, por exemplo, e até mesmo que um Qashqai: mede 4.645 mm de comprimento e possui entre-eixos de 2.776 mm, o que garante um excelente espaço interno.  

Galeria: Nissan Ariya - registro de patentes

A cabine chama a atenção pelo painel equipado com duas grandes telas: sistema de entretenimento e quadro de instrumentos (ambas com 12,3"). Há poucos botões (as funções são em sua maioria configuradas na tela e por voz) e bancos com a tecnologia 'gravidade zero'. 

O utilitário elétrico contará com o Nissan Intelligent Mobility, o sistema de assistência ao motorista ProPILOT Assist 2.0 e também o e-Pedal. Outro item de série é o pacote Nissan Safety Shield 360, um conjunto de tecnologias de segurança e uma interface que permite que os clientes usem a voz para ajustar as configurações do carro e o veículo ainda inclui a assistente Alexa da Amazon para ajudar os clientes a organizar tarefas. 

Galeria: Novo Nissan Ariya 2021

Construído sobre a plataforma CMF-EV o Nissan Ariya tem um sistema de propulsão com duas opções: a primeira possui um motor elétrico na dianteira com potência de 160 kW (217 cv) e torque de 30,5 kgfm, enquanto a segunda terá duas unidades elétricas para um total de 290 kW (394 cv) e 61,2 kgfm e tração integral e-4FORCE.

Tanto a versão com tração dianteira como o modelo de tração integral podem optar pelos pacotes de baterias de 63 kWh ou 87 kWh. A autonomia na versão com tração dianteira fica entre 450 km e 610 km, dependendo da bateria escolhida. Já com tração integral, este número fica entre 430 km e 580 km, segundo o ciclo de testes no Japão.

O novo Nissan Ariya está programado para começar a ser vendido no Japão até meados de 2021, com lançamento nos EUA previsto para o final do ano que vem e preço estipulado na faixa de US$ 40.000 (R$ 214.600). A partir de 2022, o SUV elétrico chegará a outros mercados, e acredita-se também no Brasil. Se mantiver o padrão de preços adotado lá fora, podemos esperar por valores cerca de 30% a 40% acima do Nissan Leaf, que atualmente custa R$ 195 mil