Versão eletrificada do Wranger será apresentada junto com o novo Jeep Wagoneer Concept.

Exibido pela primeira vez no início do ano durante a CES, em Las vegas (EUA), o Jeep Wrangler 4xe híbrido plug-in finalmente será apresentado em 3 de setembro. Trata-se da primeira versão eletrificada para o Wrangler, que agora se soma aos recém-lançados Renegade e Compass PHEV e começará a chegar aos principais mercados entre o fim deste ano e o início de 2021.

Com design externo praticamente igual ao das demais versões convencionais, o Jeep Wrangler 4xe tem como principais diferenciais a porta de carregamento na seção dianteira próximo ao retrovisor externo e o emblemas 4Xe na parte traseira do carro - esse logo será utilizado para designar todas as versões eletrificadas da Jeep. 

Galeria: Jeep Wrangler PHEV - CES 2020

Em termos de propulsão, tanto o Renegade, como o Compass, utilizar o motor 4-cilindros 1.3 litro Turbo a gasolina na dianteira associado a um motor elétrico que aciona o eixo traseiro. Esse garante potência máxima de até 240 cv e 50 km de autonomia no modo elétrico. No entanto, o Wrangler híbrido ainda teve as especificações divulgadas - rumores falam no motor 2.0 turbo associado a uma unidade elétrica, mas nada oficial por enquanto. 

Além disso, de acordo com o novo plano quinquenal anunciado pela Jeep em 2019, a marca norte-americana lançará uma versão eletrificada de cada um de seus modelos até 2021. Em 2022, a empresa pretende colocar no mercado 10 modelos híbridos plug-in e quatro modelos puramente elétricos.

Dentro do plano está incluído um modelo completamente novo que de acordo com uma apresentação recente de executivos da Jeep, será o primeiro Jeep 100% elétrico e terá produção concentrada na fábrica da marca em Melfi, na Itália, onde também são construídos os modelos Jeep Renegade e Compass, inclusive nesta nova versão 4xe híbrida plug-in.