Estratégia inclui parceria com a Enel X e prepara o país para a chagada de modelos híbridos plug-in e elétricos no ano que vem

Com diversos projetos relacionados à transição energética e mobilidade elétrica na Europa, a FCA agora mira o Brasil. Em comunicado, a empresa anuncia o lançamento de sua estratégia de e-Mobility para o país que contará com diversas parcerias, com destaque para a Enel X, divisão de soluções em energia da Enel. 

O projeto de transição para a mobilidade elétrica aliado a sustentabilidade, enxerga além do desenvolvimento de novos carros elétricos. Também visa repensar todo o processo da experiência do usuário, incluindo investimentos na infraestrutura necessária para este tipo de tecnologia, que implica em trazer soluções como carregamento fácil, conectividade e segurança para simplificar a vida dos clientes que optam por dirigir um veículo eletrificado.

Galeria: Jeep Compass 4xe

O e-Mobility visa promover a mobilidade elétrica no País se apoiando na ideia de usar o carro como uma plataforma, pela qual os clientes encontrarão várias soluções seguras e fluidas em um só lugar. A proposta é promover constantes parcerias com empresas de diversos segmentos, produtos e serviços para proporcionar experiências diferenciadas ao usuário.

"O e-Mobility vai muito além de carros elétricos, é um projeto que consiste em diversos fatores. Tudo isso com um único objetivo: promover a mobilidade sustentável, sendo esta uma das principais prioridades da FCA. A indústria automobilística se remodela com soluções sustentáveis, mas sempre buscando atender a melhor experiência possível de um cliente durante o seu deslocamento", destaca o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa.

Novo Fiat 500e e Jeep Compass Hybrid

Essa estratégia de e-Moblity tem como objetivo preparar o mercado para a chegada dos primeiros modelos eletrificados da FCA, já confirmados para o Brasil em outras ocasiões: o Fiat 500e, versão 100% elétrica do subcompacto, e o Jeep Compass 4xe, versão híbrida plug-in do SUV médio, ambos com lançamento previsto para 2021.

Galeria: Teste Fiat 500e

Primeiro fora da Europa

O Brasil é um dos primeiros países a receber o projeto e o único fora do continente europeu a desenvolver o e-Mobility. A estratégia está sendo elaborada há um ano por uma equipe composta por mais de 65 profissionais especializados de diferentes áreas da FCA. O trabalho envolve estratégias específicas para o mercado brasileiro. 

"O diferencial do e-Mobility é oferecer uma solução integrada. Estamos criando um novo conceito de interação dos usuários dentro da mobilidade e o veículo é peça importante deste processo. É fundamental entendermos o carro como uma plataforma, muito além do meio de transporte, mas também a forma de conectar diferentes soluções que irão melhorar significativamente a experiência do consumidor. E para isso, precisamos estar próximos de parceiros que se identifiquem com o nosso propósito, assim como a Enel X", ressalta o diretor de Portfólio, Pesquisa e Inteligência Competitiva, Breno Kamei.

No Brasil, a parceria com a Enel X permitirá  o ingresso da FCA no projeto Urban Futurability, executado pela Enel Distribuição São Paulo, o mais completo projeto de transformação digital liderado por uma empresa de energia elétrica na América do Sul.

Com investimento de R$ 125 milhões, financiado com recursos do Programa de P&D da Aneel, este projeto engloba mais de 40 iniciativas de digitalização e inteligência artificial para gestão da rede de energia no conceito de cidades inteligentes.

“Esse projeto vai transformar a rede elétrica em uma plataforma, abrindo a energia para novos usos, como a recarga de veículos elétricos e a geração solar distribuída, contribuindo com o crescimento sustentável da cidade”, afirma Rosário Zaccaria, diretor de Infraestrutura e Rede da Enel Distribuição São Paulo.

Fonte: FCA