Grupo automotivo recém-criado afirma que todos os seus modelos terão uma versão eletrificada até 2025

Após a conclusão de todos os trâmites legais e administrativos, a união entre a PSA e a FCA foi definitivamente oficializada. E junto com o anúncio, o grupo recém-formado mostrou suas principais diretrizes com a mobilidade elétrica ocupando um papel de destaque dentro do plano estratégico. 

Formada a partir da combinação de dois grupos automotivos tradicionais, a Stellantis é uma empresa global de 400 mil empregados. O grupo já tem uma presença bem estabelecida em três regiões - Europa, América do Norte e América Latina - além de um potencial significativo a ser explorado em mercados importantes como China, África, Oriente Médio, Oceania e Índia.

john_elkann_carlos_tavares

Em seu anúncio, a Stellantis afirma que quando estiver totalmente operacional pretender iniciar sinergias de 5 bilhões de euros por ano. Outro destaque é que o plano estratégico do grupo não prevê o fechamento de fábricas existentes, mas sim o aperfeiçoamento constante delas para se tornarem mais competitivas em todos os 130 mercados onde atua. 

29 carros eletrificados

Entre as diretrizes do novo grupo está a de ênfase em um portfólio cada vez mais focado em oferecer soluções de mobilidade que incluam a eletrificação, condução autônoma, conectividade e compartilhamento. 

Acompanhando a rápida expansão do mercado de carros de baixas emissões ou zero emissão, a Stellantis já nasce com 29 modelos eletrificados (100% elétricos e híbridos plug-in) e anuncia que até o final do ano colocará no mercado mais 10 novos veículos eletrificados.

Stellantis, quali sono i 20 marchi del nuovo Gruppo automobilistico

Assim como os demais grupos automotivos, a meta de longo prazo são as emissões neutras de carbono em todos os produtos, plantas produtivas e demais instalações.

Fonte: Stellantis