Lançada no ano passado, e-Ludix tem proposta urbana e autonomia para 50 km com uma carga

Se tornando cada vez mais populares por aqui, os scooters elétricos estão praticamente consolidados na Europa. E a Peugeot, que lançou o modelo e-Ludix no ano passado, apresenta agora uma nova versão do veículo elétrico de duas rodas voltado para as empresas.  

De olho no crescimento do segmento, a montadora francesa lançou na Espanha uma interessante versão comercial que tem como foco as empresas de entregas urbanas (última milha). 

Galeria: Peugeot E-Ludix (2020) - teste

*Galeria de fotos com a avaliação da versão tradicional de dois lugares 

Com visual simples e funcional, o scooter elétrico também é leve e bastante prático para encarar o trânsito urbano. E o mais importante: com um baixo custo operacional, segundo os dados fornecidos pelo fabricante.  

Pesando apenas 88 quilos, o Peugeot e-Ludix é homologado na Espanha como um ciclomotor e conta com um sistema de propulsão da Bosch. Ele é composto por um motor elétrico com 3 kW de potência e 3,5 kgfm de torque máximo, suficientes para o scooter alcançar a velocidade máxima de 45 km/h

peugeot-e-ludix-cargo

A bateria é removível e possui 1,6 kWh de capacidade, suficiente para percorrer até 50 quilômetros com uma única carga, segundo os dados fornecidos pela Peugeot. Dessa forma, a bateria pode ser substituída ou recuperar até 80% de sua carga em três horas conectadas a uma tomada convencional. 

Voltada para o uso profissional, esta nova versão possui um bagageiro com capacidade para 25 quilos e elementos como para-choque de polipropileno e painéis laterais, para maior durabilidade. Diferente da versão regular de dois lugares, este modelo para frotas é monolugar e estará disponível em três cores. Os preços ainda não foram divulgados, mas a imprensa local estima que o modelo custará na faixa de 3.000 a 3.500 euros (R$ 19.800 a R$ 23.100).

Fonte: FCO