Sedã elétrico posicionado abaixo do EQS irá encarar rivais como o Porsche Taycan e o Tesla Model S

Enquanto acelera o seu cronograma de lançamentos de carros elétricos, a Mercedes-Benz prepara a chegada do seu sedã elétrico 'de entrada', o Mercedes EQE. Conforme anunciado pelo CEO da marca alemã, Ola Källenius, o novo membro da família EQ será revelado de forma oficial em setembro. 

Este ano será crucial para a ofensiva elétrica da Mercedes, uma vez que a empresa acabou de revelar o EQA, um crossover elétrico baseado no GLA. Logo em seguida, será a vez do bastante aguardado Mercedes EQS, que será o carro chefe e vitrine tecnológica da marca premium alemã.   

Galeria: Mercedes-Benz EQE - Flagras

Posteriormente será a vez do SUV elétrico EQB e do EQE, um sedã elétrico que representa um lançamento importante para a marca. Ele será apresentado durante o Salão de Munique, em setembro, como confirmado pelo CEO da Mercedes, e terá a missão de encarar de forma mais direta modelos como o Tesla Model S e o Porsche Taycan - segundo o executivo, o refinado Mercedes EQS será um modelo mais luxuoso que irá jogar "no seu próprio campeonato".  

O futuro Mercedes EQE ainda não teve muitos detalhes revelados e o que se sabe até o momento é que ele será montado na Arquitetura de Veículos Elétricos (EVA), uma plataforma modular dedicada a carros elétricos a bateria. Esta base será inaugurada pelo carro-chefe EQS.

Provavelmente o EQE terá mais de uma opção de trem de força, entre eles um especulado EQE400 com tração nas quatro rodas, 402 cv de potência, 78,0 kgfm de torque e autonomia de até 600 km, um número um pouco abaixo dos cerca de 700 km do irmão mais luxuoso EQS. 

O início da produção está previsto para o segundo semestre na fábrica de Bremen, na Alemanha. No entanto, em um segundo momento ele também deve ser produzido na China para abastecer o mercado interno. 

Fonte: HibridosyElectricos

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Galeria: Mercedes-Benz EQE - projeção