SUV elétrico rodou 1.350 km no Reino Unido com apenas duas paradas para carregamento

De acordo com uma matéria recente do site Autocar, o SUV elétrico Ford Mustang Mach-E - em uma competição da Ford com os altamente eficientes Tesla Model Y e Model 3 - acaba de estabelecer um novo recorde mundial no Guinness no quesito eficiência de veículos elétricos.

O registro afirma que o SUV totalmente elétrico da Ford teve uma média de impressionantes 6,54 milhas (10,5 km) por kWh durante uma viagem de 1.351 km. A viagem do veículo elétrico consistiu no famoso 'Land's End a John o' Groats', um trajeto bem conhecido dos britânicos que abrange toda a extensão da ilha da Grã-Bretanha. 

Galeria: Ford Mustang Mach-E 2020

Os motoristas do Mustang elétrico - Paul Clifton, Fergal McGrath e Kevin Brooker - já detêm recordes semelhantes com carros movidos a diesel e a gasolina.

A viagem começou no dia 3 de julho e levou 27 horas para ser concluída. A equipe dirigiu a uma velocidade média de cerca de 50 km/h, então este foi mais um teste do chamado 'hipermiling' (uma técnica de dirigir poupando combustível) do que um teste de eficiência tradicional. A equipe parou apenas duas vezes para carregar, e o tempo total de carregamento em rota somou apenas 45 minutos, sem incluir o tempo de recarga inicial do veículo para iniciar a viagem. 

Embora o Mach-E não tenha uma autonomia pelo padrão EPA tão alta como alguns rivais, e sua eficiência avaliada pela agência norte-americana não esteja entre as melhores do mercado, ele ainda foi capaz de realizar esse feito épico. A equipe compartilhou via Autocar:

"Esse registro é para demonstrar que os carros elétricos agora são viáveis ​​para todos. Não apenas para pequenas viagens urbanas para o trabalho ou para as lojas ou como um segundo carro, mas para uso no mundo real em longas viagens pelo país. Provamos que, com este carro, o ponto de inflexão foi atingido."

"O alcance e a eficiência do Ford Mustang Mach-E tornam-no um carro de uso diário para enfrentar padrões de jornada imprevisíveis. Fizemos um dia inteiro de testes, totalizando 250 milhas (402 km) e ainda tínhamos 45% da carga da bateria em nosso retorno."

Este é um bom motivo pelo qual os motoristas de carros elétricos não podem confiar apenas em um único padrão para a autonomia estimada. Para quem dirige muito em rodovias e excede o limite de velocidade com freqüência, não é provável que chegue perto de atingir as estimativas de alcance da maioria dos carros elétricos EPA. No entanto, quem principalmente na cidade, pode se surpreender com o alcance do seu carro.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram