Na próxima geração, os SUVs da Land Rover se tornarão mais sofisticados com uma plataforma focada em carros elétricos

A Land Rover já definiu sua estratégia de transição energética. O destaque são os projetos para revolucionar a próxima geração dos modelos Discovery Sport e Evoque, que serão baseados em uma plataforma eletrificada completamente nova que priorizará os carros elétricos e também irá acomodar motores híbridos. 

Chamada de Electrified Modular Architecture (EMA), a nova plataforma irá proporcionar aos próximos Evoque e Discovery Sport um inédito trem de força elétrico com 92% de eficiência que contará com um extensor de alcance movido a gasolina, sistema elétrico de 800 V e tração nas quatro rodas.   

Galeria: Range Rover Evoque P300e (PHEV)

Esta nova arquitetura EMA também poderá acomodar modernos sistemas de assistência ao motorista, condução autônoma nível 2 ou nível 4 e conectividade em nuvem, sem contar com as funcionalidades cada vez mais presentes de atualizações remotas 'over-the-air'

A adaptação do portfólio da Land Rover com base na nova plataforma representa um vultoso programa de investimento de 10 bilhões de libras britânicas (R$ 74,3 bilhões) que será executado até 2026. No entanto, a EMA é fundamental para a JLR se tornar lucrativa e ao mesmo tempo fazer a transição energética. 

Land Rover Discovery Sport P300e (PHEV)

A importância da nova plataforma nos planos da Jaguar-Land Rover é tamanha que a empresa pretende que 50% de todas as vendas da empresa em 2030 sejam de modelos baseados na EMA. Os veículos baseados na base MLA (Discovery e Range Rover) responderiam por cerca de 40%, enquanto os elétricos da Jaguar ficariam com uma fatia de 12%.

De acordo com o que foi apurado pelo site britânico Autocar, o primeiro modelo da marca a ser montado nessa plataforma será o Evoque, que terá uma nova geração em 2024. Logo em seguida seria a vez do Discovery Sport de terceira geração. 

Falando do Land Rover Defender, segundo a matéria, a Land Rover já teria revelado aos investidores que haverá mais dois modelos da linha no prazo de seis anos. Ainda sem detalhes revelados, acredita-se que um será 100% elétrico e outro híbrido - ambos na plataforma EMA.

Considerando a evolução tecnológica e a tecnologia disponível na EMA, estima-se que os próximos Evoque e Discovery Sport tenham um preço de entrada ligeiramente mais alto que o do modelo atual para compensar o investimento da marca britânico no projeto. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Fonte: Autocar

Galeria: Land Rover Discovery Sport P300e (PHEV)